Conhecimento sobre cárie dentária entre docentes do ensino médio

Gabriele Amorim Cordeiro, Manoelito Ferreira Silva Junior, Luiz Gustavo Dias Daroz, Claudia Batitucci dos Santos Daroz

Resumo


O objetivo do estudo foi avaliar o conhecimento sobre cárie dentária entre docentes do ensino médio. Trata-se de um estudo exploratório transversal com abordagem quantitativa entre docentes do ensino médio de escolas públicas e privadas do município de Vitória/ES. O estudo utilizou um questionário autoaplicado validado, adaptado para população-alvo, com perguntas que versavam sobre o conhecimento da cárie. Os dados descritivos foram apresentados em frequências absolutas e relativas e houve o teste de associação utilizando o teste Exato de Fisher (p<0,05). Um total de 38 professores participaram do estudo, sendo 25 (65,8%) de escolas públicas. A maioria dos professores não recebeu informações sobre cárie (60,5%) durante sua formação acadêmica e seus conhecimentos foram adquiridos nas visitas ao cirurgião-dentista particular (50,0%). A maior parte soube definir cárie como doença (71,1%), no entanto, com incertezas (39,5%) se a lesão era a principal consequência do seu desenvolvimento e obrigatoriedade de restauração (55,3%) para o seu tratamento. O tema cárie é abordado em sala de aula por 60,5% dos docentes, principalmente no segundo ano (60,9%) e nas escolas particulares (p=0,0285). Dos professores, a maior parte gostaria que o tema cárie fizesse parte da estrutura curricular do ensino médio (92,1%) por acreditaram na relevância do assunto (97,4%). A maioria dos docentes soube definir a cárie como uma doença, no entanto, houve relativo desconhecimento de suas consequências e formas de tratamento


Palavras-chave


Cárie Dentária. Educação em Saúde. Ensino Fundamental e Médio.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Petry PC, Pretto SM. Educação e motivação em saúde bucal. In: Kriger L. (Org.) Promoção de saúde bucal. São Paulo: Artes Médicas, 2003. p.371-85.

Castilho ARF, Mialhe FL, Barbosa TS, Rontani RMP. Influência do ambiente familiar sobre a saúde bucal de crianças: uma revisão sistemática. J Pediatr. 2013; 89 (2):116-23.

Dalto V, Ferreira ML. Os professores como agentes promotores de saúde bucal. Semina. 1998; 19: 47-50.

Vasconselos RMML, Pordeus IA, Paiva SM. Escola: um espaço importante de informação em saúde bucal para a população infantil. Pós-Grad. Rev Fac Odontol. 2001; 4(3): 43-8.

Martins VR, Abrantes FN, Miasato JM. Professores como uma importante fonte de informação e promoção de saúde bucal. Pesq Bras Odontoped Clín Integr. 2008; 8(1): 27-30.

Ribeiro DG, Dovigo LN, Silva SRC. Avaliação de um método educativo em saúde bucal aplicado em escolares de ensino público. Arq Odontol. 2009; 45(3): 154-9.

Ferraz CA, Barros CS, Vieira LB. Utilização de instrumentos para avaliar ações educativas em saúde bucal: um relato de experiência universitária. Rev Baiana Saúde Pública. 2009; 33(2): 204-13.

Garcia PPNS, dos Santos PA, Castro CF, Oliveira ALBM, Dotta EAV. Conhecimento de cárie dental e doença periodontal de professores do ensino fundamental segundo o tipo de instituição (pública ou privada). Odonto. 2010;18(36):155-63.

Santos-Daroz CB, Santos GF, Silva-Junior MF, Gavi RS, Gomes MJ, Daroz LGD. Avaliação do conhecimento prévio e adquirido sobre cárie dentária em graduandos de Odontologia da Universidade Federal do Espírito Santo. Arq Odontol. 2016; 52(1): 23-31.

Campos L, Bottan ER, Farias J, Silveira EG. Conhecimento e atitudes sobre saúde e higiene bucal dos professores do ensino fundamental de Itapema-SC. Rev Odontol Unesp. 2008;37(4):389-94.

Ferreira JMS, Massoni ACLT, Forte FDS, Sampaio FC. Conhecimento de alunos concluintes de Pedagogia sobre saúde bucal. Interface Comunic Saúde Educ. 2005; 9(17): 381-8.

Kassebaum NJ, Bernabé E, Dahiya M, Bhandari B, Murray CJ, Marcenes W. Global burden of untreated caries: a systematic review and metaregression. J Dent Res. 2015;94(5):650-8.

Kassebaum NJ, Smith AGC, Bernabé E, Fleming TD, Reynolds AE, Vos T, Murray CJL, Marcenes W et al. Global, regional, and national prevalence, incidence, and disability-adjusted life years for oral conditions for 195 Countries, 1990–2015: A Systematic Analysis for the Global Burden of Diseases, injuries, and risk factors. J Dent Res. 2017;96(4):380-7.

Costa MM, Barbosa ADL, Fernandes JMFA, Fonseca FRA, Paredes SO. Conhecimento e práticas em saúde bucal nas escolas de ensino fundamental de um município de pequeno porte do sertão paraibano. Arq Odontol. 2014; 50(4):193-202.

Narvai PC, Frazão P, Roncalli AG, Antunes JLF. Dental caries in Brazil: decline, polarization, inequality and social exclusion. Rev Panam Salud Publica. 2006;19(6):385-93.

Brasil. Ministério da Educação e Cultura. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos: apresentação dos temas transversais. Brasília: Ministério da Educação e Cultura. p.436, 1998.

Aragão AKR, Sousa PGB, Ferreira JMS, Duarte RC, Menezes VA. Conhecimento de professores das creches municipais de João Pessoa sobre saúde bucal infantil. Pesq Bras Odontoped Clin Integr. 2010; 10(3):393-8.

Antunes LS, Antunes LAA, Soraggi MBS, Maia LC, Corvino MPF. Auto-avaliação, conhecimento e práticas de professores e agentes de educação frente a saúde bucal. Braz Oral Res. 2006; 20:170.

Maltz M, Tenuta LMA, Groisman S, Cury JA. Cariologia: Conceitos básicos, diagnóstico e tratamento não restaurador. São Paulo: Artes Médicas, 2016.

Maltz M, Jardim JJ, Alves LS. Health promotion and dental caries. Braz Oral Res. 2010; 24(Suppl. 1):18-25.

Franchin V, Basting RT, Mussi AA, Flório FM. A importância do professor como agente multiplicador de Saúde Bucal. Rev ABENO. 2006; 6(2):102-8.

Buzalaf MAR. Fluoretos e Saúde Bucal. São Paulo: Santos, 2008.

Tumeras I, Pascottos R, Saade JL, Bassani M. Odontologia minimamente invasiva. Rev Assoc Paul Cir Dent. 2014; 68(4):283-95.

Manjunath G, Kumar NN. Oral health knowledge, attitude and practices among school teachers in Kurnool – Andhra Pradesh. JOHCD. 2013; 7(1):17-24.




DOI: https://doi.org/10.30979/rev.abeno.v19i3.728

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN Impresso: 1679-5954

ISSN Online: 2595-0274