Contaminação microbiológica de resinas compostas utilizadas em uma clínica-escola de Odontologia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30979/revabeno.v21i1.1018

Palavras-chave:

Contenção de Riscos Biológicos, Resinas Compostas, Clínicas Odontológicas, Contaminação Biológica.

Resumo

O objetivo desse estudo foi verificar a contaminação microbiológica de resinas compostas utilizadas em uma clínica-escola de Odontologia. Trata-se de uma pesquisa experimental/laboratorial, na qual foram coletadas amostras de 10 bisnagas de resina composta, sendo uma delas o controle negativo. Porções de resina composta contidas no interior das bisnagas foram coletadas e mergulhadas em tubos de ensaio contendo caldo nutriente e posterior semeadura em placas e coloração para caracterizar as colônias e observar bactérias e fungos. Todas as amostras apresentaram contaminação, inclusive o tubo contendo meio de cultura utilizado como controle de manuseio do experimento. Essas contaminações podem ter relação com as falhas dos meios de biossegurança empregados na clínica-escola e com os métodos de transporte e armazenamento das bisnagas de resina composta. Portanto, existe a necessidade de conscientização dos estudantes e docentes para a adoção de medidas de biossegurança específicas para o manuseio das resinas compostas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Haroldo José Mendes, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Professor Titular, Cirurgião-Dentista, Departamento de Saúde, Curso de Odontologia, Área de Odontologia em Saúde Coletiva e Investigação Científica.

Patricia Elizabeth Souza Matos, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Professora Titular, Cirurgiã-Dentista, Departamento de Saúde, Curso de Odontologia, Área de Odontologia em Saúde Coletiva e Investigação Científica.

Fabio Ornellas Prado, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Professor Titular, Cirurgião-Dentista, Departamento de Saúde, Curso de Odontologia, Área de Diagnóstico Oral e Propedêutica.

Tassia Pina Silva Freire, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Cirurgiã-Dentista, egresso da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Herbert Pina Silva Freire, Universidade Estadual de Santa Cruz

Doutor em Biologia e Biotecnologia de Microrganismos pela Universidade Estadual de Santa Cruz

Referências

(1) Thomas MV, Jarboe G, Frazer RQ. Infection control in the dental office. Dent Clin North Am. 2008 Jul;52(3):609-28.

(2) Araujo MW, Andreana S. Risk and prevention of transmission of infectious diseases in dentistry. Quintessence Int. 2002 May;33(5):376-82.

(3) World Health Organization [Internet]. USA: World Health Organization; c2020 [cited 2021, Mar 29] WHO Director-General's opening remarks at the media briefing on COVID-19. [Acesso em 29 mar. 2021]. Disponível em: https://www.who.int/director-general/ speeches/detail/who-director-general-s-opening-remarks-at-the-media-briefing-on-covid-19---11-march-2020.

(4) Gamio L. The workers who face the greatest coronavirus risk. The New York Times [Internet]. 2020 mar 15 [Acesso em 29 mar. 2021]. Disponível em: https://www.nytimes.com/interactive/2020/03/15/business/economy/coronavirus-worker-risk.html.

(5) Meng L, Hua F, Bian Z. Coronavirus Disease 2019 (COVID-19): Emerging and future challenges for dental and oral medicine. J Dent Res 2020; 99(9):1113.

(6) Peng X, Xu X, Li Y, Cheng L, Zhou X, Ren B. Transmission routes of 2019-nCoV and controls in dental practice. Int J Oral Sci. 2020; 12(1):9.

(7) Almeida JCF, Prado AKS, Silva WC, Pedrosa SF, Moura MAO, Chaves RM et al. Contaminação de resinas compostas em consultórios odontológicos. ROBRAC. 2010;19(50): 211-5.

(8) Ferraz C, Rocha CG, Rocha MMN, Martins MGA, Jacques P. Contaminação de resinas compostas na prática odontológica. Pesqui Bras Odontoped Clin Integr. 2010; 10(1): 73-8.

(9) Oliveira M, Barreto RM, Salgado IO, Chaves Filho HDM, Diniz CG. Avaliação da contaminação bacteriana em resinas compostas utilizadas nas clínicas de graduação da FO-UFJF. Odontol Clin -Cient. 2010; 9(1): 73- 6.

(10) Lages SMR, Santos AF, Silva Junior FF, Costa JG. Formação em odontologia: O papel das instituições de ensino na prevenção do acidente com exposição a material biológico. Cienc Trab. 2015; 17(54): 182-187.

(11) Cardoso CT, Júnior JRP, Pereira EA, Barros LM, Freitas ABDA. Contaminação de tubos de resina composta manipulados sem barreira de proteção. ROBRAC. 2010; 18(48): 71-75.

(12) Montenegro G, Dornas KV, Melo MES, Saldanha RR. Contaminação da parte externa dos tubos de resina composta. Rev Assoc Paul Cir Dent. 2004;58(4):279-82.

(13) Jorge AOC, Koga-Ito CY, Maegi B, Barbosa APP, Komiyama EY. Desinfecção de superfície em odontologia: avaliação do álcool gel 70 INPM, lenços embebidos em solução de clorexidina e spray de cloreto benzalcônio. RGO (Porto Alegre). 2005; 53(2): 151-4.

(14) Aleixo RQ, Queiroz RC, Custódio VC, Moura JA. Contaminação dos tubos de resina composta utilizados na clínica odontológica. ClipeOdonto-UNITAU. 2010; 2(1): 39-45.

(15) Andrade ICGB, Silva Filho HH, Zimath T, Galiassi CD. Avaliação da contaminação microbiológica em resinas compostas utilizadas nas clínicas odontológicas da Universidade Regional de Blumenau. RFO UPF 2018; 22(3):281-7.

(16) Yamaji A, Koga K, Tsujimoto A, Shimizu Y, Tsubota K, Takamizawa T, Miyazaki, M. Influence of oxygen-inhibited layer on dentin bond strength of chemical-cured resin composite. European Journal of Oral Sciences 2013; 121(5), 497-503.

Publicado

02-08-2021

Como Citar

Mendes, H. J., Matos, P. E. S., Prado, F. O., Freire, T. P. S., & Freire, H. P. S. (2021). Contaminação microbiológica de resinas compostas utilizadas em uma clínica-escola de Odontologia. Revista Da ABENO, 21(1), 1018. https://doi.org/10.30979/revabeno.v21i1.1018

Edição

Seção

Artigos