Processo de mentoring

análise da percepção do estudante da disciplina de Gestão e Planejamento em Odontologia da FOUSP

Autores

  • Gabriela Cauduro da Rosa Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo https://orcid.org/0000-0003-2845-6926
  • Gustavo Hermes Soares Universidade de São Paulo
  • Adrielly Garcia Ortiz Universidade de São Paulo
  • Fernanda Campos de Almeida Carrer Universidade de São Paulo (USP)
  • Maria Ercilia Araújo Universidade de São Paulo (USP)
  • Maria Gabriela Haye Biazevic Universidade de São Paulo (USP)
  • Edgard Michel-Crosato Universidade de São Paulo (USP)

DOI:

https://doi.org/10.30979/revabeno.v21i1.1043

Palavras-chave:

Tutoria, Educação, Educação em odontologia, Estudantes de Odontologia.

Resumo

O objetivo da presente pesquisa foi analisar a percepção dos estudantes de graduação do último ano do Curso de Odontologia da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FOUSP) em relação ao processo de mentoring. A amostra foi de 122 estudantes que estavam matriculados na disciplina de Gestão e Planejamento da FOUSP, os quais foram divididos em grupos de 8 integrantes e, durante o semestre, as reuniões de tutoria eram realizadas pelos pós-graduandos, para debater questões pessoais e profissionais. Ao final do semestre os estudantes responderam a um questionário sobre o processo de mentoring realizado e a respeito de pontos positivos e negativos da disciplina. O treinamento dos tutores foi realizado no semestre anterior, juntamente com um estudo piloto com 20 graduandos. Foi realizada uma análise de correspondência para a avaliação da disciplina com o mentoring e uma análise quantitativa textual por meio do software Iramuteq para avaliação das respostas da questão aberta. Dos estudantes incluídos, 96,7% participaram da pesquisa. Quanto à avaliação da disciplina, 55,1% dos respondentes a consideraram boa e 33,9% como ótima. Em relação ao processo de mentoring, 62,7% consideraram ótimo e 32,2% bom. Quando questionados quais eram os pontos positivos da disciplina, 48,3% dos estudantes destacaram a tutoria. Ao verificar a coocorrência e conectividade das palavras, foi constatada uma forte relação entre os termos reunião, grupo, aluno e futuro. Diante disso, é possível concluir que a percepção do aluno de graduação é positiva em relação ao processo de mentoring, no qual além de ser um processo de instrução, serve também de apoio para o aluno do último ano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Cauduro da Rosa, Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo

Aluna de doutorado do departamento de social com área de concentração em odontologia forense e saúde coletiva

Gustavo Hermes Soares, Universidade de São Paulo

Doutorando em Odontologia Forense e Saúde Coletiva na Faculdade de odontologia da Universidade de São Paulo (USP)

Adrielly Garcia Ortiz, Universidade de São Paulo

Doutoranda em Odontologia Forense e Saúde Coletiva na Faculdade de odontologia da Universidade de São Paulo (USP)

Fernanda Campos de Almeida Carrer, Universidade de São Paulo (USP)

Professora do departamento de Odontologia Social da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP)

Maria Ercilia Araújo, Universidade de São Paulo (USP)

Professora do departamento de Odontologia Social da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP)

Maria Gabriela Haye Biazevic, Universidade de São Paulo (USP)

Professora do departamento de Odontologia Social da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP)

Edgard Michel-Crosato, Universidade de São Paulo (USP)

Professor do departamento de Odontologia Social da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP)

Referências

(1) Padovani RC, Neufeld CB, Maltoni J, Barbosa LNF, Souza WFD, Cavalcanti HAF, et al. Vulnerabilidade e bem-estar psicológicos do estudante universitário. Rev Bras Ter Cogn. 2014;10(1):2-10.

(2) Murakami K, Panúncio-Pinto MP, dos Santos JLF, de Almeida Troncon LE. Estresse psicológico em estudantes de cursos de graduação da área da saúde. Rev Med. 2019;98(2):108-13.

(3) Guedes-Granzotti RB, Dornelas R, Galdino MKVR, Leite IS, Oliveira PFD, Moreira PP, et al. Estresse discente em um curso de Fonoaudiologia. Audiol Commun Res. 2021; 26: e2335.

(4) Torquato JA, Goulart AG, Vicentin P, Correa U. Avaliação do estresse em estudantes universitários. InterSciencePlace. 2010;3(14):140-4.

(5) Thorpe K, Kalischuk RG. A collegial mentoring model for nurse educators. Nurs Forum. 2003;38(1):5-15.

(6) Taherian K, Shekarchian M. Mentoring for doctors. Do its benefits outweigh its disadvantages? Med Teach. 2008;30(4):95-9.

(7) Mustafá AMM, Gomides MM, Costa JL, Pires AT, Carvalho IGM. Mentoring e educação em saúde. J Business Techn. 2019;9(1):147.

(8) Frei E, Stamm M, Buddeberg-Fischer B. Mentoring programs for medical students-a review of the PubMed literature 2000-2008. BMC Med Educ. 2010;10(1):32.

(9) Borch P, Dimitriadis K, Störmann S, Meinel FG, Morder S, Reincke M, et al. A novel large-scale mentoring program for medical students based on a quantitative and qualitative needs analysis. GMS J Med Educ.2011;28(2):26.

(10) Kalet A, Krackov S, Rey M. Mentoring for a new era. Acad Med.2002;77(11):1171-2.

(11) Martins AF. O vivido em tutoria mentoring: uma análise fenomenológica da experiência dos alunos de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais [dissertação]. São Paulo: Universidade de São Paulo- USP; 2014.

(12) Lemos RS, De Barros Bentes LG, Brito CVB. O método mentoring como suporte para a saúde mental na graduação em medicina. Pará Res Med J. 2021; 4: e49.

(13) Launer J. Supervision, mentoring and coaching. In: Swanwick T, Forrest K, O'Brien BC. Understanding medical education: evidence, theory, and practice. Chichester: Wiley, 2010. p. 179-90.

(14) Ratinaud P, Marchand P. Application de la méthode ALCESTE à de “gros” corpus et stabilité des “mondes lexicaux”: analyse du “CableGate” avec IRaMuTeQ. Actes des 11eme Journées internationales d’Analyse statistique des Données Textuelles. 2012; 835-84.

(15) Souza MAR, Wall ML, Thuler ACDMC, Lowen IMV, Peres AM. O uso do software IRAMUTEQ na análise de dados em pesquisas qualitativas. Rev Esc Enferm USP. 2018; 52: e03353.

(16) Bienemann B, Ruschel NS, Campos ML, Negreiros MA, Mograbi DC. Self-reported negative outcomes of psilocybin users: A quantitative textual analysis. PLoS One. 2020;15(2):e0229067.

(17) Burgess A, Van Diggele C, Mellis C. Mentorship in the health professions: a review. Clin Teach.2018;15(3):197-202.

(18) Meinel FG, Dimitriadis K, Von der Borch P, Störmann S, Niedermaier S, Fischer MR. More mentoring needed? A cross-sectional study of mentoring programs for medical students in Germany. BMC Med Educ. 2011;11(1):68.

(19) Usmani A, Omaeer Q, Sultan ST. Mentoring undergraduate medical students: experience from Bahria University Karachi. J Pak Med Assoc. 2011;61(8):790-4.

(20) Sheridan RA, Hammaker DJ, de Peralta TL, Fitzgerald M. Dental students’ perceived value of peer-mentoring clinical leadership experiences. J Dent Educ. 2016;80(3):311-7.

(21) Hickey JE, Adam M, Elwadia I, Nasser S, Topping AE. A process-environment model for mentoring undergraduate research students. J Prof Nurs. 2019;35(4):320-4.

(22) Sattar K, Abdulghani HM, Ahmad T, John J, Al Dabeeb D, Meo SA. Principled physicians are not born-they are mentored: Medical students’ perception of the values and need of mentors at the College of Medicine, Saudi Arabia. J Pak Med Assoc. 2017;67(8):1192-7.

(23) Franzoi MAH, Martins G. Experiência de mentoring entre estudantes de graduação em enfermagem: reflexões e ressonâncias dialógicas. Interface Comun Saúde Educ.2 020;24:e190772.

(24) Lopes TF, de Carvalho LS, da Silva AVC, Silva HG, Marinho DMF, de Carvalho REFL. Programa de tutoria acadêmica: relato de experiência de alunos de graduação do curso de enfermagem. Re. Extensão em Foco. 2021; 22:150-158.

(25) Ali S, Omair A, Baig M. Students’ perception of mentoring at Bahria University Medical and Dental College, Karachi. J Pak Med Assoc. 2015;65(6):615-9.

(26) Bohaty BS, Redford GJ, Gadbury-Amyot CC. Flipping the classroom: assessment of strategies to promote student-centered, self-directed learning in a dental school course in pediatric dentistry. J Dent Educ. 2016;80(11):1319-27.

(27) Brasil. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Odontologia. Resolução CNE/ CES 3/2002. Diário Oficial da União, Brasília, 04 mar. 2002.

(28) Feuerwerker LCM. Educação dos profissionais de saúde hoje - problemas, desafios, perspectivas e as propostas do Ministério da Saúde. Rev ABENO. 2003; 3(1):24-7.

(29) Bettis J, Thrush CR, Slotcavage RL, Stephenson K, Petersen E, Kimbrough MK. What makes them different? An exploration of mentoring for female faculty, residents, and medical students pursuing a career in surgery. Am J Surg. 2019;218(4):767-71.

(30) Jordan J, Watcha D, Cassella C, Kaji AH, Trivedi S. Impact of a Mentorship Program on Medical Student Burnout. AEM Educ Train. 2019; 23(3):218-25.

(31) Akinla O, Hagan P, Atiomo W. A systematic review of the literature describing the outcomes of near-peer mentoring programs for first year medical students. BMC Med Educ. 2018;18(1):98.

(32) Martins AF, Bellodi PL. Mentoring: uma vivência de humanização e desenvolvimento no curso médico. Interface Comun Saúde Educ. 2016;20 (58):715-26.

(33) Ghahramani S, Seddigh F, Jahromi ART, Khandel A, Nematollahi P, Hashempoor Z, et al. Mentoring medical students by their peers, three years’ experience at Shiraz Medical School. J Adv Med Educ Prof. 2019;7(3):156-7.

(34) Lamore K; Vioulac C, Fasse L, Flahault C, Quintard B, Untas A. Couples’ Experience of the Decision-Making Process in Breast Reconstruction After Breast Cancer. Cancer Nurs. 2020;43(5):384-95.

(35) Camargo BV, Justo AM. IRAMUTEQ: um software gratuito para análise de dados textuais. Temas Psicol. 2013;21(2): 513-8.

(36) Brandão BMGM, Angelim RCDM, Marques SC, Oliveira DCD, Oliveira RCD, Abrão FMDS. Representações sociais de idosos soropositivos acerca do HIV/AIDs. Rev Bras Enferm. 2019;72(5):1349-55.

(37) Idoiaga N, Berasategi N, Eiguren A, Picaza M. Exploring Children's Social and Emotional Representations of the COVID-19 Pandemic. Front Psychol. 2020;11:1952.

Publicado

02-08-2021

Como Citar

Rosa, G. C. da, Soares, G. H., Ortiz, A. G., Carrer, F. C. de A., Araújo, M. E., Biazevic, M. G. H., & Michel-Crosato, E. (2021). Processo de mentoring: análise da percepção do estudante da disciplina de Gestão e Planejamento em Odontologia da FOUSP. Revista Da ABENO, 21(1), 1043. https://doi.org/10.30979/revabeno.v21i1.1043

Edição

Seção

Artigos