Os caminhos da reformulação do Projeto Pedagógico da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Amazonas

Emílio Carlos Sponchiado Júnior, Nikeila Chacon de Oliveira Conde, Izabelly Esteves Bittencourt Martins, Flávia Cohen Carneiro, Janete Maria Rebelo Vieira, Maria Augusta Bessa Rebelo

Resumo


Este artigo relata a experiência de uma Faculdade de Odontologia durante o processo de construção e implementação de um novo projeto pedagógico (PP). O PP foi reformulado desde a caracterização do curso com as discussões sobre perfil de egresso, passando pela estrutura de funcionamento, objetivos, matriz curricular, estágios e concepção metodológica. Durante 12 meses foram utilizadas diversas ferramentas para sensibilização do corpo docente, incluindo a realização de semanas pedagógicas, oficinas, encontros pedagógicos e discussões nas assembleias docentes. O novo currículo foi implementado em 2012 evidenciando a interdisciplinaridade, a formatação de ambulatórios integrados e um estágio curricular obrigatório que compreende mais de 40% da matriz curricular entre atividades intra e extramuros. Dificuldades foram encontradas durante a implementação e a comunidade acadêmica buscou ferramentas para minimizá-las, fazendo com que o projeto continue dinâmico e amadureça a cada ano.


Palavras-chave


Educação. Odontologia. Currículo.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Brito RM. 100 anos UFAM. 2nd ed. Manaus: EDUA; 2011.

Lemos CLS. A implantação das Diretrizes Curriculares dos Cursos de Graduação em Odontologia no Brasil: algumas reflexões. Rev ABENO. 2005;5(1):80-5.

Toassi RFC, Stobäus CD, Mosquera JJM, Moysés SJ. Currículo integrado no ensino de Odontologia: novos sentidos para a formação na área da saúde. Interface Comunic Saude Educ. 2012;16(41):529-42.

Fadel CB, Baldani MH. Percepções de formandos do curso de odontologia sobre as diretrizes curriculares nacionais. Trab Educ Saúde. 2013;11(2):339-54.

Souza MCA, Casotti E, Mello ACF, Goyata FR, Souza TC, Albuquerque CJM. Interdisciplinaridade no Ensino Superior: de imagem-objetivo à realidade. Rev Bras Educ Méd. 2012;36(1 Suppl 2):158-63.

Werneck MAF, Senna MIBS, Drumond MM, Lucas SD. Nem tudo é estágio: contribuições para o debate. Ciênc Saúde Colet. 2010;15(1):221-31.

Oliveira ER, Codato LAB, Massaoka ST, Gabriel M. Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde: formação baseada nos pressupostos das Diretrizes Curriculares Nacionais. Rev ABENO. 2011;11(1):43-6.

Santa Rosa TTA, Vargas AMD, Ferreira EF. O internato rural e a formação de estudantes do Curso de Odontologia da UFMG. Interface Comunic Saúde Educ. 2007;11(23):451-66.

Francisco KMS, Moimaz SAS, Diniz DG, Saliba NA. Oferta e Distribuição de Estágio Supervisionado em Cursos de Odontologia do Estado de Minas Gerais, Brasil. Biosci J. 2010;26(1):152-60.

Batista MJ, Gibilini C, Kobayashi HM, Fereira LL, Gonçalo CS, Sousa MLR. Relato de Experiência da interação entre universidade, comunidade e Unidade de Saúde da Família em Piracicaba, SP, Brasil. Arq Odontol. 2010;46(3):144-51.

Salvador LDS, Sant’ana PA. Projetos pedagógicos de cursos de saúde e sua articulação com as políticas públicas para a formação em saúde no Brasil. Rev Docência Ens Sup. 2017;7(1):185-202.

Cortela BSC. Práticas inovadoras no ensino de graduação na perspectiva de professors universitários. Rev Docência Ens Sup. 2016 Out; 6(2):9-34.

Teófilo TJS, Santos NLP, Baduy RS. Betting on change in medical education: trajectories of a medical school. Interface Comunic Saúde Educ. 2017;21(60):177-88.

Althaus MTM, Bagio VA. As metodologias ativas e as aproximações entre o ensino e a aprendizagem na prática pedagógica universitária. Rev Docência Ens Sup. 2017;7(2):79-96.

Hypolito AM. Currículo e projeto político-pedagógico: implicações na gestão e no trabalho docente. Cad Educ. 2014; XVIII:11-26.




DOI: https://doi.org/10.30979/rev.abeno.v19i2.676

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN Impresso: 1679-5954

ISSN Online: 2595-0274