Desmotivação entre estudantes de Odontologia: uma análise qualitativa

Michele Gomes Nascimento, Maurício Kosminsky, Stefany Soares Cavalcanti

Resumo


A desmotivação na universidade tem sido associada ao desempenho acadêmico insatisfatório e inadequado ajuste psicológico à vida no contexto universitário. As pesquisas sobre motivação como uma variável dependente na educação em Odontologia são escassas, e sugerem que o ambiente de aprendizagem desempenha um importante papel em fomentar a motivação, não obstante esteja relacionada a motivos intrínsecos e extrínsecos de cada pessoa.  O objetivo do presente estudo foi avaliar a percepção de estudantes de Odontologia sobre os fatores relacionados à falta de motivação na Universidade. Foram realizadas duas entrevistas de grupos focais com estudantes concluintes de odontologia da Faculdade de Odontologia de Pernambuco (Campus Camaragibe/UPE). As discussões foram gravadas e transcritas, reproduzindo as perspectivas dos participantes, com posterior análise temática. De acordo com os resultados, houve preponderância de relatos negativos, principalmente referentes ao comportamento e ao método de ensino adotado por alguns professores, insatisfação com a estrutura física e com a matriz curricular do curso.


Palavras-chave


Motivação. Estudantes de Odontologia. Universidade.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Orsini C, Binnie V, Evans P, Ledezma P, Fuentes F, Villegas MJ. Psychometric validation of the academic motivation scale in a dental student sample. J Dent Educ. 2015; 79(8): 971-81.

Kusurkar RA, Croiset G, Mann KV, Custers E, Ten Cate O. Have motivation theories guided the development and reform of medical education curricula? A review of the literature. Acad Med. 2012; 87(6):735-43.

Morin E. Os setes saberes necessários à educação do futuro. 2014. Cortez Editora 12p.

Divaris K, Barlow PJ, Chendea SA, Cheong WS, Dounis A, Dragan IF et al. The academic environment: the students’ perspective. Eur J Dent Educ. 2008; 12(s1): 120-30.

Schleich ALR, Polydoro SAJ, Santos AAAD. Escala de satisfação com a experiência acadêmica de estudantes do ensino superior. Av Psicol. 2006; 5(1): 11-20.

Souza Minayo MC. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Editora Vozes Limitada. 2011; 21 ed. 41p.

Cerasoli CP, Ford MT. Intrinsic motivation, performance, and the mediating role of mastery goal orientation: A test of self-determination theory. J Psychol. 2014;148(3):267-86.

Almeida DMDS. A motivação do aluno no ensino superior: um estudo exploratório. (Dissertação de Mestrado). Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR, Brasil. 2012 147f.

Al-Ansari AA, El Tantawi MM. Predicting academic performance of dental students using perception of educational environment. J Dent Educ. 2015; 79(3): 337-44.

Ames C, Archer J. Achievement goals in the classroom: Students' learning strategies and motivation processes. J Pers. 2012; 80(4):995-1028.

dos Santos BS, Mosquera JJM, Stobäus CD. Processos motivacionais em contextos educativos. Educação. 2007 (PUCRS. Impresso)

Kristensen BT, Netterstrom I, Kayser L. Dental students’ motivation and the context of learning. Eur J Dent Educ. 2009; 13(1):10-4.

Almeida LS, Soares AP. Os estudantes universitários: sucesso escolar e desenvolvimento psicossocial. Estudante universitário: Características e experiências de formação. 2004; p. 15-40.

Elani H W, Allison PJ, Kumar RA, Mancini L, Lambrou A, Bedos C. A systematic review of stress in dental students. J Dent Educ. 2014;78(2):226-42.




DOI: https://doi.org/10.30979/rev.abeno.v18i4.608

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN Impresso: 1679-5954

ISSN Online: 2595-0274